POLÍCIA CIVIL DE SANTA CATARINA, IDENTIFICA E PRENDE DOIS DOS PRINCIPAIS INTEGRANTES DE FACÇÃO CRIMINOSA RESPONSÁVEL PELO TRÁFICO DE DROGAS NA REGIÃO DE CHAPECÓ

POLÍCIA CIVIL DE SANTA CATARINA, POR MEIO DA DIVISÃO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL DE CHAPECÓ, IDENTIFICA E PRENDE DOIS DOS PRINCIPAIS INTEGRANTES DE FACÇÃO CRIMINOSA RESPONSÁVEL PELO TRÁFICO DE DROGAS NA REGIÃO DE CHAPECÓ E REALIZA BUSCAS, COM O APOIO DA POLÍCIA PENAL DE CHAPECÓ.
Em operações visando o combate ao tráfico de drogas ilícitas e ao crime organizado, a DIC de Chapecó prendeu dois indivíduos, um homem (30 anos) e uma mulher (32 anos), membros de uma facção criminosa atuante em todo o Estado de Santa Catarina e responsável pela distribuição de grande quantidade de drogas ilícitas nesta cidade de Chapecó. O primeiro mandado de prisão preventiva foi cumprido na tarde de segunda-feira (23/05), na Penitenciária Industrial de Chapecó, ocasião em que foram também realizadas buscas em cela habitada pelo integrante do grupo criminoso. Na ação, que contou com o apoio dos agentes da Polícia Penal de Chapecó, foram apreendidos diversos escritos das atividades e da contabilidade do grupo criminoso, além de aparelhos celulares, que permitirão que a investigação avance na identificação de outros criminosos. Na quarta-feira (25/5), outra integrante do mesmo grupo foi presa pelos investigadores da DIC, em cumprimento de mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário local, após representação da autoridade policial. A investigação promovida pela DIC apurou que os dois indivíduos seriam os proprietários dos 1,7 quilo de cocaína, 460 gramas de maconha e 180 gramas de crack apreendidos em 22/3/2022, em operação promovida pela 1ª Delegacia de Polícia de Chapecó, no Distrito Marechal Bormann. Relembre-se que, nesta ocasião, o comparsa da mulher e do homem, também membro da facção criminosa, chegou a atropelar o delegado de polícia durante tentativa de fuga, tendo sido preso em seguida. Além da propriedade de tal droga, a investigação vem demonstrando o envolvimento dos dois em outros delitos, assim como a existência de outros membros do mesmo grupo criminoso em Chapecó. Desta forma, a mulher foi encaminhada ao Complexo Penitenciário de Chapecó, onde, juntamente com o outro homem, permanecerá à disposição da Justiça. Destaque-se que as prisões e buscas realizadas devem causar grande impacto nas atividades ilícitas da facção criminosa, sendo que a investigação prosseguirá no âmbito da DIC de Chapecó para apuração completa dos ilícitos. Colabore com a Polícia Civil. Denuncie! Disque 181 ou acesse www.policiacivil.sc.gov.br.

Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *