Por vaga na semi, Grêmio e Santos medem forças na Vila em duelo de tricampeões da Libertadores

A vaga na semifinal da Libertadores será disputada em um estádio bastante emblemático, reunindo duas equipes que somam seis títulos da competição – três para cada lado. Grêmio e Santos entram em campo hoje à noite, às 19h15min, na Vila Belmiro, para o segundo jogo entre ambos nas quartas de final. O vencedor seguirá adiante em busca do tetra da América. 

O Santos tem a vantagem do 0 a 0 por ter marcado gol na Arena. Se o placar for o mesmo do primeiro jogo (1 a 1), a decisão vai para os pênaltis. O empate também pode classificar o Grêmio, desde que seja a partir de dois gols. Se passar pela equipe paulista, o Tricolor alcançará a semifinal pela quarta vez consecutiva. Renato Portaluppi tem a consciência de que será preciso fazer mais do que se viu em Porto Alegre, onde o Grêmio foi inferior ao adversário. 

“Não vamos mudar a nossa postura. Nosso time sempre tem muita posse de bola e ataca os adversários. Chegamos a essa fase jogando assim. Então, independente de onde vamos jogar, temos que manter a postura de sempre”, destaca o lateral-esquerdo Diogo Barbosa. 

O Grêmio espera ter mais espaços na Vila Belmiro, já que na Arena a marcação santista esteve implacável. O time pode ter uma surpresa na escalação. O chileno Pinares é cogitado para iniciar a partida na extrema direita, posição na qual jogava na Universidad Católica. Maicon, com um problema na panturrilha, está fora. Jean Pyerre viajou com a delegação e, uma hora antes do jogo, sua presença deverá ser confirmada. Dessa forma, o meio-campo terá Matheus Henrique, Darlan e Jean Pyerre. “Precisamos entrar em campo e fazer o que temos treinado, jogar da maneira que estamos acostumados. Vamos tentar ter o domínio do jogo para, posteriormente, fazer os gols. Vai ser um jogo muito difícil, mas o Grêmio tem condições de conquistar uma grande classificação”, completa Diogo Barbosa. No ano passado, o Tricolor viveu uma situação parecida nas quartas de final. No jogo de ida, perdeu para o Palmeiras por 1 a 0 na Arena. Na volta, no Pacaembu, venceu por 2 a 1 e voltou de São Paulo com a vaga às semifinais. 

Cuca: “Temos que fazer a partida perfeita”

O Santos segue sem poder contar com o atacante Soteldo, que se recupera da Covid-19. Expulso no jogo de ida, na Arena, o volante Diego Pituca é outro desfalque. O técnico Cuca também tem dúvidas no time. O lateral-direito Pará e o volante Jobson, com dores musculares, podem ficar de fora. “Temos que fazer uma partida perfeita, sem erros, para sairmos classificados. Em um jogo como esse, não há favorito, é o tipo de partida que eu gosto. Acredito que será um confronto bem diferente do que foi em Porto Alegre”, comenta o atacante Marinho, principal jogador do Santos.Libertadores – Quartas de final – Jogo de volta (Ida: 1×1)
Santos
John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison (Jean Mota), Jobson e Sandry; Marinho, Lucas Braga e Kaio Jorge. Técnico: Cuca.
Grêmio
Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Darlan e Jean Pyerre; Pinares, Pepê e Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi. 
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Hora: 19h15minFonte: Correio do Povo

Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *