Grêmio vence o Cuiabá fora de casa e abre vantagem na Copa do Brasil

O Grêmio abriu vantagem no confronto de quartas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (11), Tricolor bateu o Cuiabá por 2 a 1, na Arena Pantanal, e atingiu a marca de seis vitórias seguidas pela primeira vez desde a chegada de Renato Portaluppi ao clube, em setembro de 2016. Diego Souza e Jean Pyerre marcaram os gols gremistas enquanto Willians Santana anotou para os mandantes.

Com o resultado, o Grêmio terá vantagem do empate no jogo de volta, na Arena, na próxima quarta-feira, para avançar para a semifinal da Copa do Brasil. Antes, o Tricolor receberá o Ceará, no sábado, às 19h, pelo Brasileirão. O anúncio da escalação do Grêmio confirmou o retorno de Jean Pyerre ao time titular após a boa atuação na vitória sobre o Fluminense no domingo, quando Renato usou uma equipe mista. No Cuiabá, a novidade esteve no banco de reservas. O técnico Marcelo Chamusca teve sua saída anunciada durante a tarde depois de aceitar uma proposta do Fortaleza para substituir Rogério Ceni, e a equipe da casa foi comandada pelo auxiliar Franco Muller.

Com Jean Pyerre funcionando como o meia central do time tricolor, Renato apostou em um posicionamento bastante ofensivo desde o início da partida. Os laterais ganharam liberdade para avançar simultaneamente enquanto Pepê e Ferreira circulavam por trás de Diego Souza aparecendo como opções para os passes na entrelinha.Essa formação foi bem aproveitada logo aos sete minutos para o Grêmio abrir o placar na Arena Pantanal. Após David Braz invadir o campo de ataque conduzindo, a bola chegou a Pepê. Ele tabelou com Ferreira e encontrou Victor Ferraz no avanço. O lateral cruzou na medida, e Diego Souza deu uma cabeçada de manual, para baixo, para abrir o placar.

O Grêmio seguiu com o controle do jogo, mas diminuiu a velocidade das suas ações no campo de ataque, o que custou caro aos 19 minutos. O lateral-direito  Hayner apareceu às costas de Cortez e cruzou para Willians Santana, que ganhou de Geromel pelo alto e cabeceou para vencer Vanderlei empatando a partida.O empate deixou o jogo um pouco nervoso. Mesmo que tivesse mais a posse da bola, o Tricolor não conseguia finalizar com perigo. Aos 28, o Cuiabá chegou a pedir pênalti por um toque de mão de Lucas Silva na área gremista, mas o árbitro o  Vinicius Gonçalves Dias Araujo optou por não marcar, decisão que foi seguida pelo VAR.

Com dificuldade para criar, o Grêmio contou com uma falha defensiva do Cuiabá para o segundo gol. Aos 42, Cortez cruzou para a área, o zagueiro Eduardo cortou mal e Anderson Conceição deu um carrinho acertando Pepê, que pegava a bola: pênalti. Jean Pyerre foi o responsável pela cobrança e não deu chances para João Carlos, colocando o Tricolor em vantagem antes do intervalo. 

O Grêmio voltou para o segundo tempo disperso e escapou de sofrer o empate aos 9 minutos em lance que o Cuiabá teve três oportunidades em sequência. Nas duas primeiras, Vanderlei fez grandes defesas em finalizações de Willians Santana e Maxwell. A bola ainda sobrou para Willians Santana, que acertou a trave com o goleiro gremista, dessa vez, batido na jogada.Renato mexeu na equipe tentando ganhar fôlego no setor ofensivo para sair do campo de defesa. Primeiro, Evertou entrou na vaga de Ferreira. Logo depois, Jean Pyerre e Diego Souza deram lugar a Thaciano e Diego Churín. 

As mudanças fizeram efeito e o Grêmio conseguiu segurar o ímpeto do Cuiabá. Além de marcar melhor, o Tricolor também atacou e só não fez o terceiro gol porque Thaciano perdeu uma chance incrível em cruzamento de Cortez. O placar ficou mesmo em 2 a 1, o que permite aos gaúchos o empate na próxima semana, na Arena, para avançar para a semifinal da Copa do Brasil.Fonte: Gaúcha ZH

Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *