De Nadal defende diálogo com governo e reestabelecimento da alíquota para defensivos agrícolas

Durante a reunião da Bancada do Oeste, na manhã desta quarta-feira (7) o vice-presidente da Alesc, deputado Mauro De Nadal defendeu o diálogo entre os parlamentares e o governo catarinense e o reestabelecimento da alíquota para os defensivos agrícolas no Estado. “A Bancada Do Oeste discutiu o assunto e definiu que divulgará uma nota apoiando a cadeia produtiva, solicitando ao governo que seja reestabelecida a alíquota para os defensivos agrícolas. Sem o uso dos defensivos não conseguimos produzir nem em pequenas escalas, muito menos em alta, prejudicando assim a competitividade com outros estados”, comenta o vice-presidente da Alesc.

De Nadal citou como exemplo de preocupação a produção de milho no Estado. Ele afirma que “com o aumento do imposto, a produção será reduzida e deixará de atender as agroindústrias, fazendo com que os produtores comprem de outros estados”. “É um retrocesso tributarmos 17% sobre os defensivos. Os estado vizinhos manterão seus incentivos e nosso Estado perderá, além de qualidade, competitividade, prejudicando assim toda a nossa região.

Fonte/Foto: Agência AL
A

Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *