Palmeiras goleia Fortaleza na estreia do Brasileirão

Depois de esperar por cerca de quatro meses, os torcedores apaixonados de todo o Brasil puderam matar a saudade do Brasileirão. O torneio mais disputado do país voltou com tudo, com direito a muitos gols e as primeiras intervenções do árbitro de vídeo, uma das novidades da edição deste ano.

Começando o giro de resultados do fim de semana pelo Palmeiras. O atual campeão estreou com o pé direito e mostrando porque é um dos principais candidatos a levantar o caneco mais uma vez. Diante de sua torcida, o Verdão não quis saber de conversa e goleou o Fortaleza, de volta à Série A, por quatro a zero. Os gols foram marcados por Zé Rafael, duas vezes, Marcos Rocha e Bruno Henrique.

Outro que não economizou na hora de balançar as redes foi o Athletico Paranaense. Em casa, o Furacão atropelou o Vasco por quatro a um. Tá dura a vida do torcedor cruzmaltino! 

Na partida entre Fluminense e Goiás, quem roubou a cena foi o árbitro de vídeo. O novo recurso foi acionado três vezes durante a partida, anulando um gol de cada equipe e marcando um pênalti para o Tricolor, desperdiçado por Luciano no primeiro tempo. No fim das contas, quem decidiu mesmo foi o zagueiro Rafael Vaz, que de falta fez o gol da vitória esmeraldina por um a zero.

Também teve goleada no Nordeste. Depois de perder a final do estadual e demitir o técnico Lisca, o Ceará fez quatro a zero em cima do CSA, que retornou este ano à elite do Campeonato Brasileiro. Ricardo Bueno, com dois gols, foi o destaque do jogo. Na Arena Fonte Nova, o Bahia bateu o Corinthians, de virada, por três a dois. Registro para o gol de Rogério, que encobriu o goleiro Cássio no terceiro gol do Tricolor de Aço.

Em dos jogos mais esperados da rodada, sobrou emoção e bom futebol. Grêmio e Santos se enfrentaram em Porto Alegre e quem se deu bem foi o Peixe, que venceu por dois a um. Eduardo Sasha e Felipe Jonatan fizeram para o Santos, enquanto Everton Cebolinha descontou para o Imortal. 

Outro confronto que atraiu a atenção de torcedores de todos os times foi entre Flamengo e Cruzeiro, dois dos postulantes ao título. Com atuação de gala da dupla Bruno Henrique e Gabigol, o Mengão bateu a Raposa por três a um, de virada. Pedro Rocha fez o único gol da equipe celeste na partida, que marcou a despedida do zagueiro Juan, do Fla. A festa só não foi maior porque no último lance do jogo, Dedé e Rodrigo Caio tiveram um choque cabeça com cabeça. Apesar de ter desmaiado em campo, o zagueiro rubro-negro passa bem e já está em casa. 

A partida no Maracanã também ficou marcada pela aplicação de uma nova regra. Após reclamação, Mano Menezes foi o primeiro técnico a ser punido com cartão amarelo. Segundo o novo regulamento, um treinador pode ser punido igual a um jogador. Ao somar três amarelos, o treinador fica suspenso por uma partida. 

Na Arena Condá, a Chapecoense derrotou o Internacional por dois a zero, dois gols de Everaldo. Na partida, houve a primeira intervenção do VAR na história do Brasileirão, ocasião em que o árbitro marcou um pênalti a favor dos catarinenses. 

Em Minas Gerais, o Atlético bateu o Avaí por dois a um. A vitória deu alívio ao time alvinegro e à comissão técnica, que vinham pressionados após eliminação na Libertadores e perda do estadual. 

No Morumbi não teve VAR, mas teve vitória do São Paulo. Em casa, o Tricolor Paulista venceu o Botafogo por dois a zero, na reestreia de Alexandre Pato pelo time do Morumbi. Éverton e Hudson marcaram os gols da partida

AGÊNCIA DO RÁDIO BRASILEIRO

Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *