Inadimplência cresce e 62,1 milhões de brasileiros estão endividados

Cresce o número de brasileiros endividados.

Levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito e da CNDL, entidade que reúne os lojistas, aponta que, em março, cerca de 62 milhões e 100 mil pessoas estavam com o nome sujo.

Foi o sexto aumento seguido e a alta passou de três por cento, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Os responsáveis pela pesquisa avaliam que apesar da melhora de vários indicadores econômicos, como a queda da inflação, as famílias brasileiras ainda enfrentam muitas dificuldades, por exemplo, por conta do desemprego.

Mas destacam que o ritmo de crescimento do calote em 2018 é bem menor que nos meses anteriores, no auge da crise.

A maior parte das contas ou prestações em atraso, pouco mais da metade, é com bancos.

Depois, com 18 por cento, aparece o comércio, seguido pelas prestadoras de serviços de telecomunicações, como TV e internet, e as tarifas de água e luz.

AR2

Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *